Pages

sexta-feira, abril 16, 2010

Uma mulher por si mesma


Virgo Sum é exatamente isso em latim.
Uma mulher por si mesma... Virgem dentro do conceito pagão antigo: livre, independente, autônoma...

Desde sempre me senti assim em todos os aspectos da vida.
No quesito espiritual, por mais estranho que isso possa ser, apenas agora me sinto assim.

Muitos fatos se sucederam um após outro, fatos que poderiam ter me empurrado em outra direção, a da desistência, a do abandono, mas por razões que nem eu mesma consigo esmiuçar, esses fatos em vez de me incitar a abrir mão da minha certeza espiritual, me confirmaram que é dentro do Dianismo que meu fazer, pensar, rituar se encaixa.
Ainda que esse fazer seja solitário.
Um solitário entre aspas, pois nunca estamos sós.

Virgo Sum.


Luciana Onofre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe suas palavras



Textos e imagens aqui elencadas e publicadas refletem minha crença, minhas opiniões. Assim peço sejam respeitados como tal. Lembremos que incorrer em desrespeito público para com assuntos desta índole pode derivar em ações legais.

Luciana Onofre

Share |

)O(

“La Diosa que hay en mi, contempla a la Diosa que hay en ti”