Pages

segunda-feira, maio 03, 2010

Na Segunda Vermelha



A semente nova é fiel. Ela finca raízes mais profundas nos lugares que estão mais vazios. 
Clarissa Pinkola Estes



A forma como escolhi manifestar-me para a Segunda Vermelha tomou alguns rumos que não os mesmos do ano passado.
Este ano senti haver maior espaço para que meu fazer e falar pudessem adentrar no cotidiano de companheiras e amigas de trabalho.
Onde trabalho a mais de 10 anos o universo é na sua maioria feminino.

Presenteei minhas amigas/companheiras de trabalho mais próximas, e com as quais o diálogo sobre o empoderamento da mulher e este dia escolhido para celebrá-lo aconteceu (e senti seguirá acontecendo), com  marcadores de livros vermelhos que confeccionei em linha e crochet. 

O fiz por que somos mulheres leitoras/escritoras e assim irão lembrar sempre do que aquele vermelho é. 

Troquei idéias, pensamentos e dúvidas com elas ao longo de 2 semanas.
E penso eu seja qual for a apreensão que cada uma fez deste dia e do que representa, nenhuma delas passou imune por este processo de falas.

Dentro do conceito que eu dou a este dia, o de assumir o corpo feminino sem medos, receios ou vergonhas plenamente, com todas os seus ciclos, cores e formas, pretendo para o futuro poder dialogar neste parâmetro com meninas púberes ou adolescentes, afim de permitir que outras mais compartilhem a forma "natural" de ver, sentir e encarar a si mesma, com que eu e minha filha temos a sorte de entender o corpo feminino.

Vesti meu altar de Vermelho. Por não entender tal dia como aparte do meu espiritual.








Velas por mim e por minha filha Alícia María
Primeiro Chakra. Lâmina 1 do Tarô Deusa Tríplice. Baralho dos Chakras
Presente de Andrés Felipe, meu filho



Do Baralho dos Chakras (Tarô da Deusa Tríplice)

Primeiro Chakra:  
Função - Sobrevivência e ligação com a Terra.
Cor - Vermelho.
Flor Curativa - Romã.
Pedras preciosas - granada, rubi, jaspe vermelho...

Afirmações:

Eu sinto prazer em estar no meu corpo e em nutrí-lo diariamente. Eu estou ancorada na Terra, ela me oferece uma base segura para meu crescimento futuro. Ando com os pés firmes no chão, com confiança e segurança. Eu manisfesto. Eu confio. Eu acredito na minha abundância.

Grata,
 Luciana Onofre

2 comentários:

  1. O engraçado é que meu marcador (e eu não o ganhei agora...) está entre as páginas de Rubra Força, que estou lendo por aqui!

    ResponderExcluir
  2. Olá Danielle, em pesquisas internéticas e graças aos preços maravilhosos da Fnac logo o terei aqui, e mais outros títulos maravilhosos.
    Que bom que o marcador está em tão sapiente companhia ;)

    ResponderExcluir

Deixe suas palavras



Textos e imagens aqui elencadas e publicadas refletem minha crença, minhas opiniões. Assim peço sejam respeitados como tal. Lembremos que incorrer em desrespeito público para com assuntos desta índole pode derivar em ações legais.

Luciana Onofre

Share |

)O(

“La Diosa que hay en mi, contempla a la Diosa que hay en ti”