Pages

sábado, outubro 30, 2010

idos infantes


Hoje é dia no México de relembrar as crianças que se foram, os idos infantes, dia "De los angelitos".
A relação que o povo descendente de Mayas e Aztecas possuem com a morte pode ser denominada de "tranquila".

Essa tranquilidade permeia também as terras da América do Sul, os Incas encaram assim, eu encaro assim.

El día de los muertos na minha infância jamais teve a aura pesada que sei há mundo afora, esperávamos ansiosos pelas "Guaguas de Pan", que reproduzem os mortos, aqueles nossos, conhecidos ou não, que iremos comer e deles ter dentro de cada um, um pouco dos seus dons, dos seus desejos, da sua bravura e gana pela vida.

A Senhora que rege estes dias é Cihuatzin. Também é invocada a Senhora Tonantzin... A Senhora da Terra, Aquela que Acolhe, Aquela que Leva e Trás...

Se há pequenos idos em sua família, sejam quais forem os meios pelos quais partiram, hoje é um bom dia para falar e lembrar das suas mortes.

Se a partida se deu mediante um aborto, e isso pesa (e pesa mesmo) em você, tente conversar com esse pequeno espírito, explicando todos os motivos pelos quais você não pode ser tornar sua mãe, e ele/ela sua cria, nesta vida...
Acenda uma vela branca, coloque um punhado de açúcar em um prato, flores brancas também, e converse com ele... 

Lembre que é bem possível que essa pequena alma já esteja em outro ciclo, que habite como você este mundo, mas que o perdão, o auto-perdão e sua reconciliação com o ato, com a perda, com ele, e com seus Deuses, é importante.

E hoje é um bom dia para falar nas mortes dos pequenos idos....


Grata,

Luciana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe suas palavras



Textos e imagens aqui elencadas e publicadas refletem minha crença, minhas opiniões. Assim peço sejam respeitados como tal. Lembremos que incorrer em desrespeito público para com assuntos desta índole pode derivar em ações legais.

Luciana Onofre

Share |

)O(

“La Diosa que hay en mi, contempla a la Diosa que hay en ti”